Publicidade

Arquitetura de dentro para fora: Áreas de Convivência

Colunista: Patrícia Totaro

No primeiro momento, a maioria das pessoas procura as academias de ginástica somente pela forma física. Essa motivação inicial termina rapidamente e se o seu cliente não encontrar a saúde física e mental, a chance de ele desistir é enorme.

É nas áreas de convivência que os alunos fazem amizades e têm espaço para se desconectar com o mundo lá fora e se conectar com a sua academia. Essa área onde ele encontra jogos, livros, café, lanches ou somente um espaço para relaxar é fundamental na percepção de valor que o seu cliente tem do seu serviço.

Se você ainda não tem um espaço convidativo para os alunos simplesmente ficarem, é mais do que o momento de criar! E para isso tem técnica, como tudo na Arquitetura que nós desenvolvemos:

Foto 1. Greenlife Guararapes, projeto equipe Patricia Totaro Arquitetura. Fotógrafa: Karina Zemliscki
  • Posicione a área de convivência em um lugar central, onde todos vejam.
  • Dependendo do tamanho da academia, você pode ter vários pontos diferentes, cada um para um perfil de cliente: os mais animados e joviais que gostam de jogos e mais barulho, os mais reservados que gostam de ler ou tomar um café tranquilos, os adolescentes, as crianças e assim por diante.
  • Destine ao menos 5% da área total da academia para essa finalidade.
  • Faça uma ambientação com móveis fáceis de limpar, iluminação diferente do restante da academia, mesas de apoio.
  • Comida e café são ótimos atrativos para seus clientes ficarem mais tempo na sua academia, pode ser com máquinas de autosserviço ou lanchonete com serviço. Em ambos os casos, a disposição dos móveis deve ser convidativa para quem não for consumir também sentir-se bem-vindo.
  • Áreas externas com coberturas funcionam muito bem como uma das áreas se a sua cidade não for extremamente quente ou fria.

Ficou interessado nesse artigo?

Aproveite a promoção somente neste mês de novembro/2021 e faça sua assinatura VITALÍCIA da REF&H com um único investimento de R$ 120,00 e tenha acesso a mais de 300 artigos, além de todo o acervo (mais de 2000 artigos) disponível em formato digital em nosso site.

Trilha da Experiência

E claro, siga a Trilha da Experiência: primeiramente ENTENDER o que o seu público valoriza, depois MODELAR onde ficarão as áreas e o que você terá que relocar para criá-las e, por último, CRIAR a Experiência do Cliente através de cores, móveis e objetos de decoração.

Tenho uma má notícia para você: pelo menos a cada 6 meses você deve fazer pequenas atualizações na sua área de convivência, como trocar um objeto de decoração, colocar um item novo ou mudar a disposição dos móveis.

Mas tenho também uma ótima notícia: é a área da academia mais barata de ser atualizada (ou criada) e que gera um enorme valor agregado ao seu serviço!

Posso contar com você para manter seus clientes mais felizes e conectados com a sua academia através da Arquitetura?

Mês que vem vou continuar a série Arquitetura de Dentro para Fora, falando dos novos espaços de descompressão.

Conte comigo!!!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar