Publicidade

Planejando a arquitetura para 2021

Colunista: Patrícia Totaro

É hora de cuidar do planejamento para 2021: sei que a maioria dos gestores de academias, estúdios, escolas e boxes já pensaram no planejamento financeiro, de marketing e de vendas. Mas e o de arquitetura?

Poucos gestores colocam a Arquitetura na sua gestão no dia a dia e com isso, perdem a oportunidade de manter a sua academia sempre atualizada e impactante. Fazer a Gestão da Arquitetura não significa necessariamente fazer uma grande reforma, mas sim, ter um olhar atento às condições da estrutura, tanto em termos de manutenção quanto na visão de atender às necessidades e desejos dos clientes.

Note que necessidade do seu cliente é diferente de desejo! Ele precisa ter um ambiente seguro, limpo, com condições de ter uma boa aula, bom som, boa iluminação e com a manutenção em dia. Mas é atendendo ao desejo de seu cliente que você consegue vender melhor e ter mais fidelização. Em geral, o cliente nem sabe o que ele deseja, mas sabe quando se sente bem em um lugar e melhor ainda, sabe quando tem a sensação de pertencimento na academia.

Por Isso, a primeira lição para um bom planejamento de Arquitetura é conhecer a fundo o seu cliente. Ele pode não ter o mesmo comportamento de anos atrás quando você montou sua academia ou mesmo do final do ano de 2019, quando não existia a pandemia.

O que ele valoriza hoje? A qual grupo ele gostaria de pertencer? O que ele faz ou gostaria de fazer em seu momento de lazer? Como está a sua saúde mental? Você precisa ter respostas para todas essas perguntas para ir definindo o padrão de comportamento e consumo atual de seu cliente.

O segundo ponto para embasar o seu planejamento de Arquitetura é ter uma visão clara e realista de como está a sua estrutura. É um desafio, pois muitas vezes é comum o gestor confundir o que ele gostaria de ter na sua academia com o que vai encantar ao aluno. No momento desse diagnóstico, você deve tentar não ter nenhuma ideia pré-concebida. Verifique o que está em bom estado e faça uma lista do que precisa de manutenção. Da mesma forma, veja o que está encantando seus clientes e faça uma lista do que não atende às expectativas deles. Olhe os outros lugares que seus clientes frequentam, como restaurantes e lojas, para ver se a sua estrutura está defasada ou não.

Academia Flex, unidade Buena Vista, Goiânia, GO antes da reforma. Projeto Patrícia Totaro Arquitetura. Foto: Acervo pessoal.
Academia Flex, unidade Buena Vista, Goiânia, GO depois da reforma. Patrícia Totaro Arquitetura. Foto: Acervo pessoal.

Agora é momento de decidir se a sua academia precisa passar por uma grande reforma ou se precisa de intervenções pontuais mês a mês.

Se for necessário esse impacto maior, é hora de fazer projeto, orçar e se planejar para executar em partes, com a academia funcionando.

Agora, se forem pequenas intervenções, vamos priorizar o que fazer com a lista de manutenção e arquitetura em mãos. Para ajudar a colocar na ordem que deve ser seguida é bom ter uma ideia de orçamento de quanto custa cada uma dessas intervenções. Então você já tem uma lista de coisas a fazer, com uma ideia dos valores.

Nesse caso, o melhor a fazer é um projeto da academia completa e ir colocando a ordem das intervenções. Mas se você percebeu que precisa mexer em detalhes ou áreas pontuais, é hora de passar para o próximo passo: pensar dentro da sua estratégia de negócios onde a Arquitetura pode ajudar a cada trimestre.

Por exemplo: se é o momento de melhorar a fidelização dos clientes novos – aqueles que surgiram pós quarentena e ainda não estão muito ambientados – você deve criar uma área com uma máquina de café ou um espaço para jogos em grupo que ajudem a criar amizades antes que vença o plano deles.

Já se você precisa de um motivo para chamar seus ex-clientes, pode reformar uma sala de ginástica ou criar uma nova atividade e promover um dia de degustação.

Se o seu objetivo, porém, é melhorar vendas, é hora de criar melhores cenários para o tour de vendas e mexer na recepção.

Tudo o que você faz na sua arquitetura precisa ter um motivo, do contrário, será somente gasto e não investimento.

Academia Evolve, unidade Brasil 21, Brasília, DF. Projeto Patrícia Totaro Arquitetura. Fotografia de Karina Zemliscky.

Nesse momento, você já tem um cronograma das suas necessidades em cada trimestre do ano e o que pode fazer na sua estrutura para melhorar esses espaços. É hora de colocar em um cronograma quando você precisa começar cada intervenção para ficar pronta no tempo certo, deixando previsto tempo para o projeto de arquitetura, orçamento de obra, compra dos materiais e contratação do serviço e da obra propriamente dita. Algumas obras são muito rápidas de planejar e executar, como por exemplo, trocar as poltronas de uma área de convivência. Outras precisam de mais tempo, como uma reforma de vestiários. Por Isso a importância de colocar tudo em um calendário.

Divida o valor do orçamento que você levantou de cada intervenção pelo número de meses até o início da obra, para saber quanto deve ir reservando por mês para cada ação. Tente mesclar itens baratos de serem executados com outros que precisam de um investimento maior para viabilizar o seu ano como um todo.

Se não conseguir, hora de voltar a pensar nas prioridades em função das necessidades e do orçamento. E faça um pouco de manutenção todos os meses, aquelas coisas de dia a dia, como lâmpadas queimadas, retoque de pintura ou pequenos detalhes de marcenaria.

Cuidando do planejamento de Arquitetura, você terá ótimos resultados: seus alunos perceberão sempre novidades no ambiente (tenha certeza de que eles valorizam) e você terá mais chance de vender para os visitantes (online e presencialmente). E você vai investir onde os seus alunos percebem mais!

É hora de colocar a Gestão da Arquitetura no seu dia a dia!

Dá uma conferida aqui na live que eu fiz no Instagram falando exatamente sobre esse tema!

Bom projeto!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar