Publicidade

Quem é responsável pela comunicação da sua Academia?

Colunista: Cristiano Santos

Mandar bem nas redes sociais é um ótimo primeiro passo para gerar boas oportunidades de negócios na Internet, afinal, as pessoas estão lá, e muitas são o seu público-alvo.

Então faz muito sentido marcas investirem na sua presença online produzindo conteúdo que gere engajamento com o seu público, criando possíveis vendas.

É uma questão de sobrevivência.

No entanto a maioria não sabe onde, nem como investir.

O que vemos são marcas entrando nas redes sociais, ora copiando o que acham legal em outras marcas, ou produzindo qualquer coisa sem o mínimo de planejamento. 

E depois de algum período de esforço, dependendo da marca, desistem, ou correm atrás de algum fornecedor para essa função.

A questão central aqui é a falta de expertise, inclusive para contratar.

É muito comum buscar designers para produzir artes para serem publicadas no Instagram, Facebook ou Twitter, quando na verdade deveriam contratar primeiro o planejamento! 

Afinal a publicação é a consequência de uma estratégia de comunicação, não o contrário. E pior, esperar resultado dessa decisão não só é ineficaz, como é juvenil em achar que isso dará certo como negócio!

Pense comigo. Você que é profissional de educação física, responda sinceramente:

Qual é o profissional de saúde que pode avaliar e prescrever exercícios para perder peso, ganhar massa magra, melhorar a qualidade vida?

Você, certo?

É a mesma coisa com comunicação.

Quem tem que analisar, planejar, executar e medir a comunicação da sua academia é um fornecedor de comunicação.

Se a comunicação da sua empresa é feita por você, ou por algum colaborador “que mexe com Internet”, lamento informar, nenhuma das duas coisas vocês estão fazendo bem, seja trabalhando para a academia, nem se relacionando com consumidor nas redes sociais.

Mas lembre-se. Tenha em mente que redes sociais são feitas para ligar as pessoas sobre assuntos afins.

Marcas podem se relacionar com as pessoas, mas efetivamente, as redes sociais não foram feitas para gerarem negócios.

Por isso profissionais de comunicação falam tanto em termos como engajamento, jornada do consumidor, aquisição, entre outros.

Comunicação de marcas são um processo difícil, árduo, permanente e extremamente trabalhosos.

É um processo constante de (de novo!) análise, planejamento, execução e mensuração.

Só para você ter uma ideia, em julho de 2020 eu fui convidado pelo Conselho Regional de Educação Física RJ/ES (CREF1) para falar de comunicação na Internet e eu gravei 6 vídeos com alguns temas básicos para academias, profissionais e colaboradores do setor, e o assunto é inesgotável. 

Então porque marcas ainda acham que comunicar na internet é simples ou trivial? Sugiro que você assista, pois está bem legal!

Mas, se depois de assistir, você ainda acha que vai gerar negócio divulgando o preço da aula de Muai Thay no Instagram…

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar