Empresário em Foco: Daniel Leão

Daniel Leão é graduado em Educação Física pela Universidade Estácio de Sá, especialista em Treinamento de Força e ainda possui MBA em Gestão de Processos Educacionais. Atualmente é professor do curso de Educação Física da Universidade Estácio de Sá e proprietário do Centro de Condicionamento Healthy Life.

A Healthy Life tem por características principais atuar de maneira multidisciplinar, com ação direta do profissional de Educação Física na prescrição do exercício, do fisioterapeuta na avaliação e possível tratamento e da nutricionista na prescrição do plano alimentar. Além da atuação indireta da Psicologia e da estética, também presentes. A segunda característica e diferencial é o atendimento personalizado, onde a cada hora, somente 12 alunos podem ser atendidos, por um professor e 3 estagiários.

Essas duas características fazem da Healthy Life um lugar diferenciado, seguro e eficiente, ou seja, um atrativo justamente para o público que não consegue manter-se nas academias comuns por muito tempo.

Daniel Leão iniciou sua vida profissional na Marinha e lá ouvia muito de seus pares que suas explicações eram sempre mais claras e de mais fácil entendimento que as dos instrutores. Diante destas declarações, descobriu o dom e o amor por ser professor.

Como você se tornou um empresário fitness?

Eu tive um crescimento profissional rápido, fui coordenador e gerente em algumas academias e escolas, e logo quis empreender, o que não aconteceu de imediato. Após um longo período, consegui encontrar coragem e a tão sonhada ideia de modelo de negócio, dentro da Educação Física.

Quais as maiores dificuldades que enfrentou no começo?

As principais dificuldades foram criar coragem para investir e arriscar em um negócio, diminuindo a “segurança” do emprego com CLT. E principalmente a certeza de que a ideia era realmente capaz de despontar no ramo fitness.

E quais as dificuldades hoje?

Hoje as dificuldades são comuns às de muitos empresários: os impostos que dificultam o empreendendorismo no Brasil, além da dificuldade de qualificar a equipe.

A dica para este segundo e pontual problema, é muito treinamento de equipe, bem como processos bem definidos. Não adianta entrevistar diversos profissionais, criar grandes estratégias de contração, ou até mesmo demitir e colocar um novo funcionário. É preciso treinar a equipe exaustivamente e, principalmente, não deixar de cobrar os resultados esperados. Sem esquecer é claro, de premiar quando as metas são atingidas.

Como conciliar trabalho e família?

Essa tarefa não é fácil, principalmente se o trabalho é empreender. Normalmente ficamos ligados 24h por dia na empresa, e isso pode nos distanciar da família. Uma boa estratégia, mais uma vez, é ter processos bem definidos e uma equipe bem treinada, para que a dependência ao dono seja cada vez menor. Vale lembrar que é preciso vencer a falta de confiança em delegar funções.

O que não deve faltar para se ter uma gestão de excelência no mercado fitness?

Entender o mercado é fundamental, para que a gestão siga na direção correta. Não pode faltar uma gestão de relacionamento interpessoal ímpar, pois somente desta forma sua equipe irá dedicar-se ao máximo. Mesmo com bons processos, é importante que sua equipe o veja como um líder, e que faça “por você” e não porque é obrigado. Seu funcionário também é “seu cliente”.

Quais conselhos você daria para quem quer se tornar um empresário fitness?

O mercado fitness muda constantemente, é preciso acompanhar essa evolução para escolher o ramo certo para empreender, e principalmente se manter vivo e forte no mercado.

Por acreditar que o mercado fitness hoje, tem seus clientes buscando experiências incríveis, tivemos a ideia de criar a proposta da Healthy Life, justamente para atender o público que as academias comuns não atendem.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

REF&H
Enviar