Publicidade

Profissional de Educação Física vira garoto de programa

Colunista: Alexandre Machado

O mercado de corrida de rua no mundo é extremamente lucrativo e no Brasil não é diferente! O Professor Dr. Alexandre Machado já tinha percebido isso em 2011 quando lançou sua metodologia de prescrição de treinamento de corrida e agora inova novamente com o lançamento de uma plataforma tecnológica para os profissionais de Educação Física que atuam com corrida de rua. Uma plataforma que promete unir o conhecimento científico da área com a tecnologia, o que irá beneficiar treinadores e corredores de todo o Brasil!

Sempre autêntico em seus posicionamentos, Alexandre Machado se destaca na Educação Física como um renomado palestrante, pesquisador e agora como garoto de “programa”, lançando uma startup que promete revolucionar o mercado de assessorias esportivas no Brasil!

Conversamos com ele para saber mais sobre essa história de garoto de “programa”:

Antes de mais nada, como surgiu esta história de garoto de programa?

Essa é uma brincadeira comum entre alguns desenvolvedores de programa quando perguntam a sua profissão e já que eu estou nesse barco também, por que não? O fato é que não mudei de profissão, apenas abracei mais uma para atender melhor à Educação Física e assim surgiu a VO2PRO Sport Tech.

Conte-nos mais sobre esta sua nova empresa!

VO2PRO Treinamento era o nome da empresa destinadas aos cursos voltados para os profissionais de Educação Física que hoje é a VO2PRO EdTech e mais recentemente surgiu a VO2PRO Sport Tech, que é a startup que traz soluções tecnológicas para os profissionais de Educação Física, aqui os profissionais encontram ciência e tecnologia juntas.

A VO2PRO Sport Tech é uma Startup acelerada pelo Nexus Hub que fica no parque tecnológico de São José dos Campos, SP, um dos maiores parques de tecnologia e inovação do Brasil. O ecossistema do Nexus Hub foi o lugar perfeito para o desenvolvimento da VO2PRO Sport Tech, pois o programa de aceleração conta com um programa de mentoria e todo suporte que o empreendedor precisa para o desenvolvimento do seu projeto.

Como surgiu a ideia de desenvolver uma plataforma de gestão do treinamento para profissionais de Educação Física?

A minha área de base é o treinamento e desde o mestrado venho estudando e me aprofundando em modelagem matemática aplicada ao treinamento. Foi justamente esta competência fora do comum para os profissionais de Educação Física que me possibilitou enxergar algumas oportunidades dentro do mercado de corrida de rua que é a minha área de atuação desde 2005.

O mercado de corrida de rua no Brasil ainda tem espaço para crescer no Brasil?

O primeiro boom no mercado brasileiro da corrida de rua foi na década de 1970, o segundo na década de 1990 e o terceiro acredito que agora com o final do período de pandemia. Mas o terceiro boom vem com corredores mais conscientes e mais criteriosos, o que vai exigir um conhecimento técnico maior dos profissionais e nada melhor que uma ferramenta para potencializar a entrega de todo esse conhecimento.

O que os treinadores/gestores podem esperar da ferramenta VO2Pro Tech?

É uma ferramenta de gerenciamento e prescrição de treinamento. Ela tem duas verticais que se comunicam a todo momento. A vertical Gestão para gerenciamentos dos atletas e a vertical Treinamento para prescrição dos treinos. Um ponto importante é que o negócio é treinamento, mas não sobrevive sem a prescrição e por esse motivo criamos algumas variáveis que se comunicam com as duas verticais para trazer mais informações estratégicas para o negócio.

Quais os benefícios para os atletas que utilizarem a ferramenta?

Além de terem maior segurança em relação ao controle de carga de seu treinamento e, com isso, afastar a possibilidade de uma lesão, eles também poderão acompanhar toda a evolução do atleta através de um painel de controle simples e prático.

Qual o diferencial de sua ferramenta frente aos concorrentes do mercado?

A plataforma toda gira em torno de um algoritmo que ajuda o treinador a entender melhor toda a progressão do atleta. Através de uma inteligência artificial, o treinador consegue ter cálculos de carga de forma automática e prever períodos com maior propensão a lesão por excesso de treinamento. O módulo de gestão do atleta é todo simplificado de forma que o gestor – que na maioria das vezes é o próprio treinador – possa entender o que está acontecendo com o seu negócio.

Alexandre F. Machado tem pós doutorado (UFES) e doutorado (USJT) em Educação Física, Mestrado (UCB) em Motricidade Humana e graduação (UFFRJ) em Educação Física . É autor de 11 livros, sendo 6 falando sobre corrida de rua.  Atualmente divide seu tempo entre a VO2PRO EdTech (cursos online) e a  VO2PRO Sport Tech (Startup).

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar