Publicidade

Sua academia é realmente essencial para o cliente?

Colunista: Fábio Cantizano

Já reparou como tem gente e instituições de referência (OMS, por exemplo) publicando na internet sobre como manter-se ativo de forma segura em casa? Já percebeu como as lojas de materiais de fitness estão vendendo cada vez mais equipamentos para a prática de exercícios no conforto do lar? Até que ponto essa evolução do mercado beneficia seu negócio e seus profissionais?

Evolução ou dinheiro trocando de mãos?

O mercado fitness está evoluindo em tempo recorde. As pessoas estão cada vez mais praticando exercícios físicos, sejam eles orientados por profissionais ou não, em busca de melhoria da saúde e qualidade de vida. Onde sua academia, estúdio ou box entra neste cenário? A resposta parece óbvia, mas não é.

Pare e pense: De que forma seu negócio pode fazer a real diferença na vida das pessoas que ainda estão com receio de sair de casa, ou até mesmo nas que já perceberam que podem obter grandes benefícios ao praticar exercícios ao ar livre ou qualquer outro ambiente fora da academia?

A chave para a conquista de uma boa saúde através do exercício é a prática regular, seja qual for o lugar. Pode ser em casa, no condomínio, na praia, praça, ou seja, em locais que ofereçam ambientes agradáveis, propícios e que contribuam para a aderência ao novo hábito.

Eu sei e você também sabe que a prática de exercícios dentro de um ambiente controlado, que o cliente possa ter acesso a profissionais qualificados em tempo real e que possa ser socorrido em casos de acidentes é primordial. Entretanto, se seu cliente não tem essa percepção, não interessa o que sabemos. Marketing é uma verdadeira guerra de percepções e o que vale é a percepção do cliente, não a nossa.

Se compararmos a experiência do cliente em seu negócio hoje com pouco mais de 1 ano e meio atrás, que diferença teria? Você consegue responder isso quantificando essa diferença?

Fato 1: As pessoas estão percebendo que podem se movimentar e ficarem cada vez mais saudáveis sem ter que frequentar um ambiente comercial que preste serviços de saúde através do exercício físico, como academias, boxes e estúdios.

Fato 2: Bons profissionais estão começando a perceber que não precisam mais de academias ou qualquer outro negócio físico como vitrines para que sejam contratados como personal trainers. A internet, quando bem utilizada, se encarrega da tarefa. Isso dificulta cada vez mais a possibilidade de reter talentos no negócio, sendo esta uma preocupação frequente do RH em diversas empresas de outros ramos.

Fato 3: Tem bastante gente preferindo pagar pela consultoria on-line de um profissional especializado e mais experiente (treinando em casa ou ao ar livre) do que para uma academia. Tem muita gente treinando, mas não dentro dos estabelecimentos comerciais.

Isso é bom para os negócios?

Depende. Para fabricantes de materiais de fitness e profissionais de Educação Física, sim!

As lojas aumentaram consideravelmente as vendas de halteres, tensores, elásticos, colchonetes e outros equipamentos ao longo da pandemia.

Profissionais de Educação Física se adaptaram rápido ao ambiente digital, seja pela prescrição através de aplicativos ou ao vivo pelas plataformas de transmissão, como Zoom ou Google Meet, por exemplo.

Cada vez mais condomínios criam espaços fitness para que o morador não precise sair do seu ambiente para cuidar da saúde, com custo menor do que o de uma academia. Entre em um condomínio que tenha uma academia de ginástica e certamente você vai se deparar com diversas pessoas treinando com personal trainers e que poderiam estar investindo esse dinheiro dentro do seu negócio.

Fato 4: O dinheiro está na mesa, mas pode estar trocando de mãos.

Você, gestor, pode estar pensando: “Qual o objetivo desse autor com todas essas provocações?”

Ficou interessado nesse artigo?

Assine a REF&H por R$ 120,00/ano e tenha acesso a mais de 300 artigos, além de todo o acervo (mais de 2000 artigos) disponível em formato digital em nosso site.

Meu papel como profissional de marketing é de educar o mercado com as melhores práticas e estratégias para que todos possam ganhar dinheiro de forma honesta, promovendo a melhor experiência possível ao cliente final. A provocação é primordial para que você reflita sobre suas práticas, desde que você realmente queira evoluir, assim como o mercado está evoluindo.

Você tem um negócio e o sucesso dele é fundamental para o sustento da sua família, certo?

Pense comigo:

As pessoas precisam praticar exercícios físicos orientados por especialistas de forma regular para melhorar a saúde e a qualidade de vida. Concorda?

Agora responda:

Por que essas pessoas deveriam praticar exercícios em sua academia, box ou estúdio e não através das consultorias on-line em casa, com personal trainers em condomínios ou ao ar livre sem orientação alguma?

Saber responder essa pergunta pode salvar seu negócio. Se achar que estou exagerando, não perca seu tempo fazendo a lista de motivos, mas lembre-se, boas provocações servem de incentivo para grandes progressos.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar