Publicidade

Mindfulness: o estado de consciência que você precisa para gerir melhor

Colunista: Cris Santos

A palavra mindfulness vem do inglês e implica em um estado de consciência no qual se aplica atenção plena e foco ao presente momento. As técnicas de mindfulness foram desenvolvidas a partir de conceitos e práticas de meditação já conhecidos há milênios por monges budistas e iogues. Na atualidade, essa prática passou a ser estudada cientificamente e utilizada para ajudar no tratamento de transtornos emocionais, além de ser praticada em função da qualidade de vida e para atender a uma variedade de necessidades ligadas à clareza do pensamento, à saúde mental e física.

Muitas pessoas não sabem ainda como colocar em prática o mindfulness, por isso, esse artigo aborda esse fascinante assunto, oferecendo dicas sobre como começar a praticar a meditação mindfulness, os benefícios da prática habitual e também como encontrar instrutores confiáveis para iniciar sua jornada de consciência no agora.

Adiante você vai encontrar seguintes tópicos:

  • Como a meditação mindfulness beneficia o cérebro.
  • Benefícios da meditação mindfulness para a saúde geral.
  • Onde encontrar workshops, eventos, retiros e instrutores particulares da prática meditativa mindfulness.
  • Estudos científicos que comprovam a eficácia da meditação mindfulness.
  • Combine exercícios físicos com a meditação mindfulness para a saúde cerebral.
  • Como a meditação mindfulness beneficia o cérebro.

Como a meditação mindfulness beneficia o cérebro

As técnicas de meditação para a atenção plena são conhecidas há milênios pela humanidade. A ligeira diferença entre a meditação mindfulness e as técnicas meditativas clássicas é que, enquanto a forma tradicional foca-se na respiração, a técnica de mindfulness envolve a atenção plena sobre o momento, nossos sentimentos e pensamentos para estar totalmente presente e consciente sobre nós mesmos, sem julgamento. Segundo um estudo da Universidade Carnegie Mellon (Pensilvânia, EUA) há explicações biológicas baseadas em evidências científicas que comprovam os benefícios da técnica de mindfulness. Essa técnica de meditação está relacionada à redução do estresse, além disso, sua prática tem um efeito sobre a atividade do córtex pré-frontal do cérebro, a área responsável pelo pensamento consciente e planejamento. As técnicas de mindfulness também ajudam a diminuir a atividade na amídala cerebral e em outras regiões desse órgão responsáveis pelo controle emocional. Consequentemente, a meditação de atenção plena pode ajudar na melhoria de diversas áreas da vida que estão relacionadas à decisão e ao controle emocional.

Benefícios da meditação mindfulness para a saúde geral

O estresse está ligado a diversas doenças psicossomáticas como a fibromialgia e até mesmo o câncer. Segundo o Instituto Oncoguia há cada vez mais estudos científicos disponíveis que ligam o estresse crônico ao aparecimento de vários tipos de câncer. Fica claro que se uma pessoa pratica a meditação mindfulness conseguindo uma qualidade de vida com menos estresse, os riscos de desenvolver doenças relacionadas a isso são expressivamente menores. Esses são alguns dos benefícios da prática habitual da meditação mindfulness para a saúde geral que vão além do controle do estresse:

  • Uma pessoa mais consciente de suas emoções pode ter suas relações interpessoais melhoradas ou restauradas, através da conscientização sobre comportamentos de autossabotagem.
  • A consciência sobre possíveis causas emocionais que influenciem na alimentação pode curar transtornos alimentares desenvolvidos por razões emocionais, evitando a obesidade e levando à capacidade de ter uma alimentação mais saudável.
  • Há doenças crônicas como a pressão alta e a diabetes que já são cientificamente ligadas a causas emocionais.
  • A prática desse tipo de meditação pode ajudar na qualidade do sono; uma pessoa que tem um sono diário de qualidade tem a saúde melhor.

Onde encontrar workshops, eventos, retiros e instrutores particulares de prática meditativa mindfulness

Na Internet, será possível encontrar eventos disponíveis na sua região através do Facebook ou outras redes sociais que oferecem cursos e workshops rápidos para iniciantes e praticantes de mindfulness. Algumas dicas para encontrar o melhor workshop de mindfulness são:

  • Há grupos disponíveis no Facebook que divulgam eventos e workshops com profissionais qualificados, entre em grupos ligados ao assunto e conheça alguns praticantes ou profissionais, verifique as indicações de workshops das pessoas ativas nas comunidades.
  • O site do Centro Mente Aberta oferece encontros mensais em São Paulo para a promoção da prática do Mindfulness.
  • Procure no Google um centro de cursos, porém, verifique a procedência dos instrutores, procure referências sobre a pessoa para garantir que você tenha uma boa experiência de aprendizado.
  • Há centros terapêuticos de orientação holística que podem oferecer cursos, workshops e fóruns a respeito do assunto, portanto, fique atento na Internet sobre a divulgação nos locais próximos a você.

Há, ainda, opções para quem prefere estudar as técnicas meditativas em retiros que contam com locais de infraestrutura em meio à natureza e quietude. Geralmente, durante os retiros, além do ensino das técnicas, a pessoa fica em silêncio pelo período em que estiver em retiro para poder obter uma experiência de aprendizado e contemplação do agora que podem ser mais intensas. Os períodos de retiro variam, além disso, há opções de miniretiros nas próprias cidades metropolitanas, como é o caso de institutos como o The School of Life. Muitas pessoas que participaram desse tipo de retiro relatam que a experiência foi profundamente significativa e transformadora.

Você também tem a opção de escolher um profissional terapêutico para lhe oferecer ensinamentos particulares sobre as técnicas de meditação mindfulness. Há inúmeras pessoas bem capacitadas no mercado atual, com formação acadêmica e terapêutica de diversas linhas que podem oferecer uma experiência de aprendizado singular e bastante específica às suas necessidades. Esses casos geralmente misturam as psicoterapias tradicionais com orientações sobre como praticar a meditação mindfulness de uma forma consciente e adequada à sua personalidade, bem como aos seus objetivos.

Estudos científicos que comprovam a eficácia da meditação mindfulness

Neste tópico deixaremos alguns exemplos muito interessantes sobre a comprovação científica através de experimentos da eficácia dos métodos de meditação mindfulness para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

  • Os pesquisadores Daniel Goleman e Richard Davidson realizaram experimentos sobre as vantagens das técnicas de mindfulness para a saúde do corpo humano em geral. As pesquisas culminaram em um livro brilhante chamado “Ciência da Meditação: as alterações comportamentais”. No livro, os autores experimentam diversos tipos de meditação comprovando que o mindfulness é o mais adequado para o desenvolvimento emocional, resolução de problemas da vida cotidiana e permitindo, também, alterações comportamentais profundas que são altamente benéficas.
  • Um estudo científico comprovou efeitos de melhoria com as técnicas de mindfulness sobre comportamentos compulsivos. Jeffrey Schartz, pesquisador da Universidade da Califórnia, constatou alterações em partes do córtex cerebral em pessoas que sofriam de Transtorno Obsessivo Compulsivo. Quando as técnicas de mindfulness foram integradas aos tratamentos, foi possível verificar uma impressionante evolução na saúde psicológica dos pacientes.
  • Há estudos científicos ligados ao tratamento do Transtorno de Personalidade Borderline que já comprovam a grande melhoria das técnicas de mindfulness para a regulação emocional dos pacientes, permitindo-os viverem uma vida praticamente normal com relacionamentos de boa qualidade.
  • Revista Proceeding of the National Academy of Sciences publicou um estudo sobre a ajuda das técnicas de mindfulness para a tomada de decisões, permitindo que as pessoas desenvolvam uma maior capacidade de compreensão das situações.

Combine exercícios físicos com a meditação mindfulness para a saúde cerebral

Além de tudo o que foi exposto acima, vamos analisar como a combinação de exercícios físicos com as técnicas de meditação mindfulness de forma habitual pode ser excelente para a saúde do cérebro: as atividades físicas aeróbicas ou anaeróbicas, na verdade, são capazes de produzir novos neurônios de acordo com pesquisas científicas recentes. Além disso, a prática de exercícios físicos é capaz de evitar o desenvolvimento do mal de Alzheimer ou melhorar os casos já diagnosticados. Se você for capaz de cumprir uma rotina de exercícios na academia, ioga ou aeróbicos (como caminhada e corrida) com a prática da meditação, com certeza você estará também criando a situação ideal para prevenir e melhorar diversos tipos de doenças que podem afetar o cérebro, esse órgão tão fundamental para a manutenção de nossa vida e saúde.

Conclusão

Neste artigo completo, oferecemos informações importantes sobre as técnicas de mindfulness, como iniciar a prática desse tipo de meditação, além de exemplos científicos que comprovam a eficácia da atenção plena na personalidade, no bem-estar, na tomada de decisões, no controle emocional e para a saúde do cérebro aumentando sua inteligência e prevenindo doenças.

Você gostou das informações expostas neste texto? Curta e compartilhe com todos os seus amigos para que saibam dessa combinação de técnicas excelentes e que está se tornando uma das formas favoritas de alcance da saúde emocional e física naturalmente.

Gostou? Deixe seu comentário!

Não gostou? Vou gostar de saber o que não te agrada.

*Esse texto foi construído a partir de pequenos textos de vários autores.
Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar