Publicidade

Eucademia: a academia do eu sozinho

Colunista: Angelo Dias

O “eu” representa cada um de vocês, corajosos profissionais de Educação Física, que tornaram realidade o sonho de ter uma academia. O “sozinho” é a solidão da responsabilidade não dividida. Na EUCADEMIA, você é o responsável pelas aulas, pela recepção, por criar o conteúdo para divulgação, por negociar com os fornecedores, por cuidar do financeiro e ainda fazer a limpeza da empresa. E se você tiver colaboradores, outros professores e uma recepcionista, vai precisar desenvolver a gestão de pessoas.

UAU! Quantas emoções!

Durante o ano de 2022, o EUCADEMIA será o nosso espaço na Revista Empresário Fítness & Health para troca de informações com você que representa mais de 80% do mercado de academias. 80%? Sim! A academia do “eu” sozinho é que sustenta o maravilhoso mercado fitness. E que vem crescendo ainda mais nesse século com o advento dos estúdios de Treinamento Personalizado, que assim como os estúdios de Pilates, tornaram esse investimento inicial mais viável para os professores de Educação Física.

Por que o Angelo Gonçalves Dias vai acompanhar vocês nessa jornada?

Sou licenciado pleno em Educação Física (UERJ), pós-graduado em Marketing Esportivo (UCB), pós-graduado em Educação (UNESA), Mestre em Motricidade Humana (UCB) e Empreteco desde 2017. Trabalhei em academia por mais de 20 anos. De estagiário até proprietário de um estúdio de Treinamento Personalizado, passando por professor de musculação, professor de coletivas, coordenador e personal trainer. Essa experiência e os estudos sobre gestão e empreendedorismo – docente da disciplina Gestão de Negócios em Educação Física (UNESA, 2001 – 2009) e docente da disciplina Empreendedorismo na Licenciatura em Educação Física do Instituto Federal Fluminense, desde 2019) – me permitem contribuir com o trabalho de vocês, tornando essa jornada menos solitária.

Vamos começar cuidando do “eu”: você sabe o que significa AUDAZ? Segundo o dicionário, audácia é a característica de algo ou alguém que é ousado, corajoso e atrevido. AUDAZ é o título do segundo livro do Maurício Benvenutti que nos apresenta as cinco competências para construir carreiras e negócios duradouros em um mundo cuja única certeza é a mudança. Por que prestar atenção no Maurício Benvenutti? Ele é escritor, empreendedor, foi sócio da XP Inventimentos, autor dos best-sellers Incansáveis, Audaz e Desobedeça e atualmente é sócio da Startse, uma das maiores plataformas de Educação Empreendedora do país. É também colunista do Jornal O Estado de São Paulo e palestrante TEDx.

Bora caminhar pelas 5 competências do AUDAZ?

Cabe ressaltar que você é um audaz. Você que tem a coragem de ser empresário no Brasil merece todo o meu respeito e admiração. A jornada que começamos agora em 2022 é de cocriação. Vamos aproveitar a sua experiência com os meus estudos para aprimorar a gestão da sua academia.

Ficou interessado nesse artigo?

Assine a REF&H por R$ 120,00/ano e tenha acesso a mais de 300 artigos, além de todo o acervo (mais de 2000 artigos) disponível em formato digital em nosso site.

1. Causar impacto

Essa é a primeira competência. Segundo o autor, o impacto aqui não é financeiro. O financeiro é consequência do impacto positivo na vida das pessoas. Tudo a ver com o nosso mercado. Tudo começa com um propósito bem definido. Vamos aproveitar a orientação do Manifesto Internacional para a Promoção da Atividade Física no Pós-covid-19: Urgência de uma chamada para a Ação (CELAFISCS, 2020) sobre o nosso propósito: 

“Educar, estimular e ampliar as oportunidades para uma vida mais ativa e saudável”.

Com esse propósito bem definido, podemos partir para as ações de causar impacto:

  1. Melhorar a qualidade de vida das pessoas. Razão da existência de uma academia de ginástica. Cada pessoa que passar pela sua academia deve sair melhor do que entrou. Não apenas com o foco no resultado estético, mas lembrando sempre que saúde é bem-estar bio-psico-social;
  2. Corrigir o errado. Sempre que perceber, ou for avisado por colaboradores e/ou clientes, de alguma coisa que esteja atrapalhando a experiência das pessoas na sua academia, solucione o mais rápido possível;
  3. Prolongar o acerto. Depois de corrigir, mantenha tudo funcionando bem. Atenção especial aos canais de comunicação com seu time e alunos da academia. Ninguém melhor do que eles para colaborarem com a evolução constante do seu negócio.

2. Olhar a próxima curva

Walter Longo afirma que a gestão é o equilíbrio entre solucionar pendências e prestar atenção às tendências. Os autores do livro Gestão do Amanhã, José Salibi Neto e Sandro Magaldi, alertam que “a rotina come a estratégia no café da manhã”. Essa é uma característica muito comum na EUCADEMIA. A rotina de resolver pendências vai roubando o tempo destinado a olhar a próxima curva do mercado fitness. Estamos preparados para um modelo de negócio híbrido? Como manter satisfeitos os clientes que ganhamos durante a pandemia? Vamos simplesmente voltar como era antes? Essas são algumas das perguntas que você vai precisar responder no seu planejamento de 2022.

3. Questionar

Você já fez esse exercício? Comece refletindo sobre as perguntas supracitadas. Elas representam alguns dos desafios dos gestores de academia para o próximo ano. Questionar é a terceira competência do AUDAZ. Ser curioso, buscar a excelência e não seguir o efeito manada irá agregar enorme valor ao seu desenvolvimento da sua carreira e negócio.

4. Fazer COM as pessoas

Em academia, costumamos fazer PARA as pessoas. Criamos e realizamos ações visando a aprimorar o relacionamento com colaboradores e clientes. Será que eles estão de acordo com as nossas ações? Será que eles percebem valor no que você está fazendo? Já pensou em realizar tudo COM eles? Essa é a sugestão da competência 4. Exercite a escuta ativa, crie mais canais de comunicação e estimule o feedback. Além de mais empático, essa estratégia pode trazer um relacionamento até mais econômico. Imagine que você resolve instalar um aparelho de ar-condicionado no vestiário e os seus alunos queriam apenas um ambiente mais claro e com um espelho maior. Olha só o tamanho dessa economia!!! Faça com elas sempre!

5. Seja diverso

Segundo o Maurício Benvenutti, o que torna o Vale do Silício um lugar tão inovador é a diversidade das pessoas que lá trabalham: diferentes nacionalidades, gêneros, idades, competências e experiências de vida tornam a troca mais rica e relevante. Se você não tem um time tão diverso, participe de grupos de mentoria, crie grupos com empreendedores locais para troca de informações e oportunidades. Clarice Lispector afirmou que “quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe”.

Sugestões para você se aprofundar nesse tema:

BENVENUTTI, Maurício. Audaz: as 5 competências para construir carreiras e negócios inabaláveis nos dias de hoje. São Paulo: Gente, 2018.

Seguir o @mauriciobenvenutti no Instagram.

Assistir ao vídeo abaixo! Competitividade Reinventada (TEDx Talks) do Maurício Benvenutti no canal dele no Youtube.

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar