Publicidade

Inteligência prática, hora de agir!

Alguns professores têm vontade de se tornarem líderes, para isso existem dois passos de suma importância que é estudar e entender: os processos e as pessoas.

Hoje vou falar com vocês sobre um processo super importante: a inteligência prática em relação à liderança. Eu sempre comento sobre alimentar ou até criar arquivos mentais e para você que ainda não os tem, peço que crie um arquivo chamado gestão em seu córtex cerebral, vamos sempre retroalimentar ele e até criar novos arquivos.

Vamos usar como base o estudioso Karl Albrecht, autor de Inteligência Social, e que lança agora Inteligência Prática. Ele defende que exercitar essa forma de pensar pode ajudar gestores e líderes a tomarem decisões melhores, pensando em termos de opções e possibilidades.

Vocês devem estar se perguntando: “quais são os tipos de inteligência que um ser humano possui?” Em seus estudos, Karl Albrecht menciona que “os pesquisadores tendem a concordar sobre o conceito de inteligências múltiplas (apesar de alguns disputarem alguns aspectos da teoria), mas eles não concordam em quantos tipos de inteligência existem.”

Eu reorganizei a teoria que enumerava de sete a dez inteligências em apenas seis categorias.

  1. Inteligência abstrata: Raciocínio simbólico
  2. Inteligência social: Lidar com pessoas
  3. Inteligência prática: resolver os problemas e desafios da vida
  4. Inteligência emocional: Autoconhecimento e autogerenciamento
  5. Inteligência estética: Senso de forma, design, música, arte e literatura
  6. Inteligência cinestésica: Habilidades corporais como esporte, dança.

Simplificando ainda mais essa teoria, selecionei três das seis inteligências que são ainda mais cruciais para líderes e gestores: a Social, a Emocional e a Prática.

Estudando esse conceito e com referências de diversos autores me refiro a essa combinação especial de “inteligência de negócios”.

Para vocês colocarem em prática a IP (inteligência prática), tenham em mente que ela é uma combinação específica de habilidades mentais que possibilitam que uma pessoa enfrente efetivamente os desafios e problemas da vida. Para nós, líderes e gestores que precisamos nos desenvolver continuamente em nossas vidas, isso se torna fundamental. É como se fosse um “upgrade de softwares mentais”. São essas as habilidades:

  1. Flexibilidade mental
  2. Pensamento afirmativo (percepção e intenção otimista)
  3. Sanidade semântica (uso efetivo da linguagem)
  4. Avaliar ideias

Agora é com você! Coloque em prática com inteligência tudo que foi colocado nesse artigo. Analise sua equipe, estruture as estratégias, ouça e mapeie a melhor resposta, deixe claro suas ideias em relação à empresa e entregue contexto para seus liderados. Acima de tudo seja referência e cuide das pessoas!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

Publicidade

REF&H
Enviar