Publicidade

Pilates e o marketing outbound

Colunista: Rodrigo Perfeito

Em nossa conversa anterior, na edição 104, conversamos sobre a necessidade de implementar estratégias mais técnicas e modernas na divulgação do seu negócio devido a alta concorrência no universo do método Pilates. Embarcando nesse pensamento, apresentei a ideia de marketing inbound, que nada mais é do que criar ações focadas não somente em vender matrículas, como também, atrair, converter e encantar os praticantes de Pilates, diferenciando-se do marketing tradicional por focar em alguns pilares que visam uma verdadeira conexão com o publico que consome seu produto.

Mas será que saber apenas uma estratégia salvará seu negócio? Sabemos que a resposta é não! É preciso conhecer outras táticas para enxergar as falhas do seu estúdio, e encaixá-las em intervenções específicas. Assim, outra possibilidade a ser aplicada é o marketing outbound.

O que é o marketing outbound

O termo traduzido ao pé da letra significa divulgação de saída ou que alcance os clientes fora do seu negócio, diferentemente do inbound, que necessita que o praticante de Pilates chegue até o seu estúdio.

Em outras palavras, para que ocorra o inbound, é preciso que seu outbound seja funcional e eficiente, atraindo o indivíduo interessado até o seu estúdio de Pilates.

As principais divulgações fora do seu negócio estão nas redes sociais digitais, como sites, Instagram, TikTok, Facebook, Twitter, entre outros, e por meio de mídia física, como jornais, revistas, painéis de rua e presentes em eventos e folders.

Vantagens marketing outbound

As duas principais vantagens são:

  1. Não existe a necessidade de vender frente a frente com o cliente, possibilitando a venda em massa. No marketing inbound é possível um efeito de convencimento mais profundo, entretanto, apresentando apenas para uma pessoa ou um grupo reduzido de pessoas, ocupando um tempo considerável. No pensamento outbound, é possível alcançar um número de pessoas extremamente maior sem precisar de tanto investimento físico e temporal.
  2. A segunda vantagem está no valor. Por incrível que pareça, imprimir milhares e milhares de folders ou pagar impulsões mensais pelas redes sociais é muito mais barato que pagar o salário de um especialista em vendas para a aplicação do inbound no seu estúdio.

O engajamento, como já conversamos, tende a ser extremamente menor, porém, é preciso usar estratégias que cabem no seu bolso. Hoje é possível fazer 1000 flyers por R$ 30,00 em gráficas e você mesmo entregar na rua em momentos de folga, ou ainda, pagar valores que são baixos para alguém entregar a divulgação em pontos estratégicos.

Ficou interessado nesse artigo?

Assine a REF&H por R$ 120,00/ano e tenha acesso a mais de 300 artigos, além de todo o acervo (mais de 2000 artigos) disponível em formato digital em nosso site.

Desvantagens do marketing outbound

As duas principais desvantagens são:

  1. Um anúncio físico causa pouquíssima interação, às vezes, nenhuma. Se não tem interação, não existe a possibilidade de seduzir esse possível praticante para ir ao seu estúdio para conhecê-lo. Dessa forma, capriche nesse anúncio, sendo criativo e diferenciado. Inserir a foto de alguém fazendo um exercício de Pilates não é algo que chamaria a atenção o suficiente para que alguém parasse e se atentasse a todas as informações do seu banner de anúncio. Na capa da edição 104 aqui da revista Empresário Fitness & Health tinha como frase principal: “profissional de Educação Física vira garoto de programa”. Tenho certeza de que muitos ficaram curiosos para saber sobre o assunto polêmico, o que trouxe a possibilidade de apresentar os outros itens contidos na capa da revista. Um desses itens poderia ter sido um convite ao praticante de Pilates para conhecer seu estúdio.
  2. A segunda desvantagem é um menor engajamento e uma menor conversão para outras compras. De fato, no mundo atual das redes sociais, ninguém dá muita bola para algo que não tenha acesso imediato pelo computador ou celular, e logo, a pessoa perde o interesse pelo que está apresentado no papel se não forem utilizadas técnicas adequadas de sedução. E isso vai desde a neurofisiologia dos receptores às representações simbólicas de como o ser se representa em sociedade.

A menor conversão das vendas consiste em não ter a possibilidade de apresentar outros produtos além do que está sendo divulgado na impressão ou no folder digital. Se o cliente tem interesse nas aulas de Pilates, temos um grande potencial de vendas, mas poderíamos ter vendidos vários outros produtos, como massagens, exercícios cardiorrespiratórios, entre outros, no momento de êxtase pela compra. Momento perdido, venda limitada e lucro reduzido.

Finalizando nosso texto, venho enfatizar a importância de conhecer diversas frentes de divulgação para seu negócio, uma vez que ficar dependendo do marketing boca a boca, além de ineficiente, é ultrapassado.

Não são quantas pessoas você alcançou mesmo não divulgando seu estúdio de Pilates, mas sim, quantas deixaram de ser seu cliente porque nem te conhecia.

Pense nisso, crie suas estratégias, e tenha ótimos negócios!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar