Publicidade

A assembleia da Associação Brasileira de Academias (ACAD Brasil), realizada durante a 20ª IHRSA Fitness Brasil, foi aberta pelo presidente da entidade, o ex-nadador Gustavo Borges, que expôs dados sobre o sedentarismo e como a ACAD está empenhada em estimular as pessoas a se tornarem mais ativas, através do programa Brasil Mais Ativo.

Waldyr Soares e Gustavo Borges, presidente da ACAD Brasil. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Waldyr Soares e Gustavo Borges, presidente da ACAD Brasil. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

 

Segundo o IBGE, dentre os motivos para não se praticar atividades físicas, 38,2% das pessoas relatam a falta de tempo, 35% relatam não gostar de praticar exercícios, 19% relatam problemas de saúde e 1,9% relatam problemas financeiros. A falta de dinheiro parece não ser um problema para não se praticar atividades físicas! Além disso, praticar atividade física não é perigoso e ela quase sempre é coadjuvante no tratamento de diversas doenças.

Assim, a ACAD Brasil tem se engajado em campanhas contra o sedentarismo para cumprir um papel social e ajudar as academias a terem mais clientes – menos pessoas sedentárias tendem a levar mais pessoas para as academias!

Na sequência da assembleia, uma mesa de debates foi composta por alguns dos principais players do mercado que responderam a 5 perguntas feitas pelo mediador Carlos Eduardo Fontes, líder Regional ACAD Brasil em Campinas.

O que mudou nas diretrizes do American College of Sports Medicine (ACSM), qual a relação com as atuais tendências do fitness e qual o papel da ACAD nesse sentido?

Mônica Marques. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Mônica Marques. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

 

Mônica Marques, diretora técnica da Cia Athletica responde abordando as recentes pesquisas realizadas pelo ACSM em relação aos testes pré-participação para verificar os riscos associados à prática da atividade física. Nesse sentido, os pesquisadores separaram as ocorrências de morte relacionadas a doenças pré-existentes e ao exercício propriamente dito.

Não é porque a pessoa deseja se exercitar que ela deve ir ao médico, mas apesar de nenhum teste pré-participação ser capaz de evitar eventos de morte súbita, o PAR-Q e check-ups periódicos se tornam imprescindíveis para se tentar identificar alguma condição onde se precise ter cuidados específicos na prescrição do exercício.

Para se mostrar como a prática do exercício físico pode ser segura, em contraponto ao que se diz que ele pode gerar episódios fatais regularmente, as estatísticas apontam o seguinte:

  • 1 em cada 2 milhões de pessoas morrem por condições cardíacas ao praticarem exercícios.
  • Em corredores, as estatísticas são da ordem de 1 para cada 200.000.
  • Em atividades mais intensas, 1 em cada 1,5 milhão de homens são acometidos desse episódio.
  • Em mulheres praticando atividades mais intensas, a estatística é da ordem de 1 para 36 milhões.
  • Por outro lado, 7 em cada 10 pessoas sedentárias são acometidas de doenças crônicas como hipertensão, cardiopatias e obesidade, que podem levar à morte muito rapidamente.

Quais as características de um líder eficaz?

Marcelo Viana. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Marcelo Viana. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

 

Para Marcelo Viana, diretor de operações da rede BodyTech, o principal diferencial competitivo no mercado onde as academias estão inseridas são as PESSOAS. Assim, um líder eficaz entrega resultados juntamente com seu time, é uma pessoa de caráter e precisa, cada vez mais, contratar pessoas melhores que ele mesmo. Com foco nas pessoas, a eficácia operacional tende a aumentar e a inovação precisa fazer parte de todo esse processo.

Outro ponto a se destacar, segundo ele, é que a cultura é um dos principais ativos das empresas. Nesse sentido, princípios e valores conduzem comportamentos e a mudança do comportamento de cada pessoa é fundamental para um melhor atendimento aos clientes.

Situação tributária das academias: onde estamos e para onde vamos?

Richard Bilton, CEO Cia Athletica, expôs o que tem sido feito para se tentar mudar a realidade tributária das academias. Ao final do evento, ele gentilmente gravou um vídeo com a nossa equipe para esclarecer os principais pontos abordados em sua fala.

 

Como deve ser o modelo mental do gestor de empresas fitness para enfrentar o mercado atual?

Aílton Mendes. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Aílton Mendes. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

 

Ailton Mendes, CEO AMS Company, afirma que o gestor deve praticar o desapego para enfrentar o mercado atual: desapego das certezas, convicções e de seu próprio negócio! E fez algumas reflexões:

  • O que era certo ontem, pode não ser certo hoje!
  • Existem cerca de 320.000 aplicativos voltados para a prática de atividades físicas, mas como está a empresa de cada um de nós?
  • O crossfit, por exemplo, é um sucesso porque agrega pessoas em torno de um objetivo… Quanto você pagaria por algo que não tem valor?
  • O processo tem a ver com NÓS e não com ELES.
  • Impostos altos são um absurdo, mas o custo alto de equipamentos também é!-
  • O gestor diz que a culpa é do profissional de Educação Física, mas como é a cultura do gestor?
  • As dores dos pequenos são as mesmas dores dos grandes, acrescidas de mais alguns zeros.
  • Cultura é a solução, alinhada com SEUS propósitos; dinheiro é consequência!

Como está o mercado mundial e qual a tendência do Brasil nesse sentido?

Edgar Corona. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Edgar Corona. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

Segundo Edgar Corona, CEO da rede Smart Fit e Bio Ritmo, existe um momento de disrupção onde a tecnologia ainda vai mexer muito com o mercado. Segundo ele, não adianta proibir que seus funcionários a utilizem. A tecnologia barateia os custos e torna os serviços mais eficientes, além de ajudar no relacionamento one to one, o que é impossível para o ser humano. Para ele, “é maravilhoso olhar o mercado internacional e saber como será no Brasil daqui a 100 anos!”

Empreender para crescer

Como se pode ver, a ACAD Brasil tem debatido temas pertinentes à realidade das academias e suas conquistas vão ainda mais além!

No dia 20 de agosto de 2019, a entidade realizou, juntamente com a Comissão do Desenvolvimento Econômico e a Comissão do Esporte da Câmara Federal a 2ª edição do Seminário “Empreender para Crescer”, em Brasília. O evento contou com a presença de deputados, assessores parlamentares, empresários fitness, além de profissionais e estudantes de Educação Física. A agenda contou com cinco mesas temáticas, que trataram das formas de empreender no setor de academias, do panorama legislativo que incide sobre as empresas do setor, da relação entre atividade física e gastos na saúde pública e do grave problema que a sociedade precisa enfrentar: o sedentarismo. Cerca de 250 pessoas estavam presentes no evento.

 

Diretoria da ACAD Brasil. (Crédito: Ricardo Soares Studio)
Diretoria da ACAD Brasil. (Crédito: Ricardo Soares Studio)

 

Foi durante esse evento que aconteceu o lançamento do do programa Brasil Mais Ativo mencionado acima, que tem o objetivo de lutar contr a o sedentarismo. “Não tomar nenhuma atitude que estimule a prática de atividade física levará ao aumento dos custos do sistema público de saúde, com impacto negativo no desenvolvimento econômico e na qualidade de vida da população. Neste sentido, o setor privado das academias quer agir, imediatamente, em prol de uma sociedade mais ativa”, afirmou Gustavo Borges, presidente da ACAD Brasil.

Por tudo o que a entidade tem feito, vale a pena se associar à ACAD Brasil para ter os benefícios que vêm sendo conquistando para o setor!

Assista um resumo do que foi a Assembleia da ACAD Brasil durante a IHRSA Fitness Brasil 2019:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

Sobre a REF&H

Fundada em 20 de setembro de 2002, a revista Empresário Fitness & Health se consolida como uma das mais conceituadas revistas no segmento fitness, levando informação relevante e em linguagem acessível aos gestores de academias e profissionais que queiram se diferenciar no mercado.

Leia mais

© 2019 – revistaempresariofitness.com.br – Todos os Direitos reservados.
contato@revistaempresariofitness.com.br – Criado pela Kamus