Publicidade

A jornada de um líder: entre a teoria e a prática – Parte 3

Colunista: Geraldo Hofer

Continuando nossa série de conceitos e práticas sobre liderança, vamos falar sobre liderança de uma outra forma: para onde você está olhando em sua liderança?

Abra sua mente e se aprofunde nesse conteúdo! Preparado? Vamos crescer juntos!

Para onde você está olhando?

Metas, equipe, prática, processos, problemas...

Esses são pontos para os quais você pode estar olhando, ou até pensou logo quando viu minha pergunta acima, mas, a ideia principal é que você tenha uma visão ampla do negócio e da liderança, um direcionamento eficaz. Não vou te entregar um hack ou uma fórmula pronta e sim um método eficaz, por isso, líder, posicione-se em referência a ações e ao que você acredita, seus valores e ações exatas.

Vamos lá!

Quem vive o negócio entende os processos

Essa frase eu utilizo em meus dois livros e até hoje faz sentido em minhas ações e escolhas; digo isso pois quem vive o negócio (todos os seus momentos, desafios e prática) entenderá os processos e as melhores decisões a serem tomadas.

Processos bem alinhados te tornam diferente dos demais líderes, mas hoje é nítida essa cobrança diária para você pela parte técnica, seja na operação em aula ou uma visão técnica do setor.

Muitas vezes ficamos “cegos” sem querer, justamente por causa de tanta técnica e esquecemos do ponto principal que move a empresa/academia: as pessoas.

Importante você pensar em suas ações embasando-se nesses 2R principais:

  • Rotina
  • Resultado

Além de suas ações, quem pode estar com você nessa jornada? Justamente as pessoas, a sua equipe!

Rotina

Quando falamos em liderança, é necessário sim, ter toda aptidão técnica e fazer as coisas corretamente, para isso você precisa criar uma rotina de sucesso.

Vou compartilhar com você um exemplo de rotina que utilizo em minha prática.

Rotina de sucesso:

  • Ver as prioridades e ações do dia: tarefas, aprendizado ou ação.
  • Suas ações nos curto e médio prazos: diárias, semanais e mensais.
  • Reuniões assertivas
  • Avaliação dos liderados: conversa informal com os professores.
  • Cuidado com o setor, equipe e material: sala de máquinas e piscina ao chegar na unidade, ver a situação e o que precisa ser limpo ou organizado.
  • Conferir chamada
  • Organizar o próximo dia em cima das ações de agora.

Gostou desse modelo da minha rotina enquanto coordenador?

Isso foi apenas uma porcentagem do que podemos fazer no dia, lembrando que tudo isso é mutável conforme as prioridades.

Sei que você deve estar se perguntando, dá para fazer tudo isso em um dia?

A resposta é sim, por mais que sejam termos técnicos ou complexos, como se trata de prioridades e são fundamentos essenciais, me organizo e me desdobro para que tudo corra bem e seja de modo assertivo e com resultados.

Uma rotina eficaz te leva a outro patamar pois muitos líderes e liderados não tem padrões de ações e isso os torna variáveis em relação aos seus resultados.

Mais que uma rotina, quero te instigar a pensar sobre quais fundamentos você precisa retomar para ser um líder de sucesso, fundamentos simples, mas essenciais para sua liderança e empresa!

Resultado

A partir do momento que você entendeu o primeiro R (Rotina), você passa a ter uma nova mentalidade, voltada justamente para a busca e melhora dos resultados.

 “Mas Geraldo como eu mensuro esse resultado,
seja individual ou em equipe?”

Aí está um grande questionamento e vou te ajudar com ferramentas simples, mas muito eficazes para mensurar resultados. Esses indicadores vão te orientar para o sucesso, e além do mais, te auxiliar para mudar o quanto antes e ser mais eficiente; vou explicar cada um deles com exemplos práticos:

1. Comparativos mensais

Os comparativos servem justamente para você se orientar em relação ao desempenho de sua equipe, por exemplo: em agosto de 2021 tínhamos 170 alunos, convertemos 10 aulas testes e tivemos 3 cancelamentos.

Em setembro do mesmo ano estamos com 160 alunos, convertemos 5 aulas testes e tivemos 5 cancelamentos.

  • Nossa empresa está crescendo?
  • Nossa liderança está rendendo bons resultados?
  • A equipe está empenhada e rendendo bons resultados?

Tudo isso são questões que nos movem a crescer sempre, mas só vamos ter ciência disso quando realmente passamos a valorizar os indicadores e compará-los mensalmente, trimestralmente, semestralmente.

Seja sincero, você olha para os resultados com a importância que eles merecem ou só olha para a parte técnica da equipe?

2. Feedback dos alunos

Aqui está uma sacada simples, mas de grande valor: converse com seus clientes, interaja, crie um relacionamento de confiança.

Quando cito a questão formal e informal é justamente para te mostrar que em qualquer lugar ou assunto você cria uma conexão, tudo estrategicamente falando, você direciona a conversa.

  • Formal: crie canais de comunicação (e-mail, telefone, site, NPS), crie essa conexão formal com seu cliente, deixe ele expor suas angústias, sugestões, elogios, ideias, sobre o seu produto/serviço, no nosso caso a liderança;
  • Informal: conversas no balcão da recepção, vestiários, troca de turmas e aulas, corredor, grupo de pais e responsáveis, aulas coletivas, tudo é válido para te levar ao resultado que busca.

3. Feedback da equipe

Aqui está a confiança e engajamento de um líder, você só receberá esse feedback se estiver praticando as lições citadas acima e se estiver realmente focado em desenvolver as pessoas e buscar resultados.

O feedback da equipe irá te ajudar em novos projetos, resoluções de problemas, melhora da operação, confiança, um trabalho direcionado e menos sobrecarregado para uma pessoa só.

O feedback com a equipe pode ser informal ou formal também, e consiste até em uma avaliação sobre a sua liderança.

Nem sempre será fácil, já te adianto, mas garanto que será gratificante e recompensador.

Você, líder, entendeu a importância desses dois pilares antes de sair por aí fazendo qualquer ação?

Crie uma rotina de sucesso para você e em seguida para sua equipe, logo após, já foque nos mesmos, desde conversas à mensuração de resultados, para somente então, você entender o negócio e a sua liderança como um todo.

Esse foi o nosso 3° artigo desta grande série, quero que você entenda que unindo as partes você terá um material único e de muito valor, basta você entender o seu negócio e crescer junto com sua equipe!

Deixe seu comentário aqui na revista Empresário Fitness e acesse meu Instagram para conversarmos e crescermos juntos.

Ficou interessado nesse artigo?

Assine a REF&H por R$ 120,00/ano e tenha acesso a mais de 300 artigos, além de todo o acervo (mais de 2000 artigos) disponível em formato digital em nosso site.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

O que achou desse artigo?

Publicidade

REF&H
Enviar