10 habilidades que os profissionais de vendas precisam dominar

Profissionais de vendas precisam dominar habilidades e desenvolver aptidões para se adaptar às demandas do mundo contemporâneo. Seja no trato com o cliente ou na administração do próprio desempenho, diversos aspectos precisam ser considerados e constantemente aprimorados. É justamente sobre essas habilidades do profissional de vendas que conversaremos hoje.

Nesse cenário, muito se discute sobre substituição de vagas de trabalho por alternativas tecnológicas. Porém, convenhamos que não há máquina que substitua o talento e a persuasão de um bom vendedor. É possível se destacar no mercado e fazer a diferença!

Além disso, vale lembrar que as empresas costumam promover suas marcas através de estratégias de marketing, o que é eficaz, sem sombra de dúvidas. Contudo, investir nas habilidades que os profissionais de vendas precisam dominar deve ser uma constante também. Assim, é possível unir o impacto da publicidade com o bom atendimento que o consumidor tanto espera.

Você poderá acompanhar mais ideias a respeito desse tema nos tópicos a seguir. Continue de olho nas dicas e aproveite para ter novos insights. Vamos lá!

Dentre as habilidades do profissional de vendas que não podem ser negligenciadas estão ações que refletem diretamente na imagem da empresa. Observe 10 aptidões imprescindíveis para os colaboradores da equipe comercial.

1. Construção de relacionamento

Vendedores precisam formar boas redes de relacionamento dentro e fora do trabalho. O networking é fundamental para envolver positivamente outras pessoas, criando vínculos de longo prazo e fechando mais negócios.

A construção desses relacionamentos depende de habilidades que os profissionais de vendas desenvolvem e não apenas de “conversa fiada”. Muitas oportunidades porem ser geradas quando sabemos realizar as jogadas certas.

2. Boa comunicação

Saber se comunicar bem não é um dom, é algo que se desenvolve com treinamentos e com a prática. Isso ajuda tanto no ambiente corporativo como nas mais diversas situações do nosso dia a dia. Seja para compreender ou para se fazer compreendido(a), sem sombra de dúvidas, a boa comunicação não poderia estar fora dessa lista.

Muitas pessoas adentram a área comercial sem ter uma comunicação 100% objetiva e assertiva. Nesses casos, é possível observar falhas tanto nos atendimentos quanto na capacidade de argumentação com os superiores e outros membros de equipe.

Por essas e outras, é de extrema importância trabalhar constantemente a interpretação de informações e a expressão oral. Boas respostas ao consumidor, esclarecendo dúvidas e persuadindo a compra, são primordiais nessa carreira.

3. Postura e etiqueta

Dentre as habilidades do profissional de vendas, ter postura e etiqueta é imprescindível. Afinal de contas, quem atua na área comercial está constantemente expondo a própria imagem e comportamentos. Isso fica atrelado ao produto, à marca e à empresa.

Tanto o modo como o vendedor se apresenta, como também a sua conduta e postura, ajudam a consolidar a imagem da companhia. Portanto, cuidados com aparência física, com a postura e regras mínimas de etiqueta devem ser respeitadas.

4. Administração do tempo

A premissa de que tempo vale dinheiro é, de fato, uma constante na área comercial. O profissional de vendas necessita desenvolver a habilidade de ser um bom administrador do tempo dentro e fora do trabalho. Somente assim a sua produtividade e eficiência são garantidas e rendem bons fruto.

Procrastinação, atrasos, deixar o cliente esperando muito tempo e outras situações como essas precisam ser evitadas ao máximo. Ser um bom gestor da própria agenda também é sinal de alta performance.

5. Organização pessoal e profissional

A administração do tempo é uma das habilidades do profissional de vendas que está intimamente ligada à organização pessoal e profissional. Ambas as esferas se misturam em alguns momentos, mas essa é a exceção, e não a regra.

Profissionais e empresas que não possuem uma vida pessoal e profissional organizadas estão cada vez mais sendo colocados para escanteio no mercado. Ter consciência dessa demanda e usar a tecnologia a seu favor são os primeiros passos para se destacar no quesito disciplina e melhorar o desempenho e lucratividade.

6. Coerência

Em qualquer segmento profissional, ter coerência entre as palavras ditas e as atitudes é uma competência indispensável. Um vendedor que costuma se contradizer a todo tempo não passa confiança e muito menos credibilidade.

7. Flexibilidade

Uma das consequências diretas da reforma trabalhista foi a imposição de uma postura flexível. Essa não é mais uma característica especial, mas sim uma habilidade obrigatória para o profissional de vendas. Nisso se engloba tanto a questão do tempo dedicado ao trabalho como também a forma como o vendedor lida com situações inesperadas.

8. Domínio de estratégias

As empresas estão se modernizando e aderindo a novos processos e tecnologias. Um dos exemplos mais frequentes é o uso de sistemas ERP, ou Enterprise Resource Planning, que são Sistemas de Gestão Empresarial aos quais os colaboradores costumam ter acesso e devem saber lidar com os recursos disponibilizados da maneira mais produtiva possível.

Outro exemplo é o CRM, ou Customer Relationship Management, que é outra ferramenta tecnológica, porém focada na Gestão de Relacionamento com o Cliente. O consumidor é o protagonista dos negócios e os vendedores precisam ter domínio dos métodos de atração, conversão e fidelização dos clientes.

9. Pensamento crítico para a resolução de problemas

A rotina empresarial é marcada por uma enxurrada de informações e dados importantes que ajudam a chegar a algum lugar. Basicamente, as principais com as quais os profissionais de vendas devem se preocupar são as metas e as métricas.

Ter um pensamento crítico e proativo para lidar com esse tipo de pressão é crucial. Somente assim, o vendedor consegue se planejar e formular soluções diante de problemas e situações críticas.

10. Compreensão das necessidades do cliente

A habilidade do profissional de vendas que faz com que muitos se destaquem nesse segmento é a intuição. O bom vendedor deve observar e compreender as necessidades dos consumidores para, então, se antecipar e atendê-lo de maneira personalizada e eficiente.

Não é todo cliente que sabe exatamente do que precisa. Por isso, é necessário investigar e encontrar caminhos que levem às respostas que ele espera.

Seus vendedores possuem essas habilidades?

Quer receber um checklist para avaliar e melhorar o atendimento do seu time de vendas e recepção?

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia outros artigos

Publicidade

REF&H
Enviar